sexta-feira, 26 de agosto de 2011

As 100 páginas 404 mais engraças e diferentes


Estava olhando os tópicos #fun do stackoverflow e vi um thread que era algo assim:
"Fun ideas for 404 pages" não lembro ao certo o título.

Dentre as respostas:

~ "As 100 páginas 404 mais engraças e diferentes"

http://blogof.francescomugnai.com/2008/08/the-100-most-funny-and-unusual-404-error-pages/

Algumas:

Essa acima é muito criativa!



sexta-feira, 19 de agosto de 2011

WhatWeb

Hoje vi uma pergunta no Stackoverflow de ruby relativa a como executar um script que chamava WhatWeb, fiquei curioso para saber do que se tratava e achei muito interessante.

Uma tradução rápida da descrição WhatWeb:

WhatWeb é uma ferramenta de identificação de sites. Seu objetivo é responder a pergunta: "O que é esse site?". Com isso ele reconhece as tecnologias web incluindo gerenciadores de conteúdo (CMS), plataformas de blog, pacotes de análises e estátisticas, bibliotecas javascript, servidores web e serviços embutidos. O WhatWeb possui mais de 900 plugins para reconhecer características diversas. Além disso o WhatWeb identifica números de versões, endereços de e-mail, IDs, módulos de frameworks, erros de SQL e outros.

WhatWeb pode ser executado em modo mais rápido ou minuciosamente e lento. Quando você visita um site no seu browser as transações incluem várias dicas de quais tecnologias web estão sendo usadas. Algumas vezes uma simples visita a um página web contém informação suficiente para indentificar um site, mas quando não é suficiente o WhatWeb realiza consultas mais detalhadas para encontrar dados sobre as tecnologias usadas. O nível default é chamado "passivo" e é mais rápido pois requer somente uma requisição HTTP de um site, o que é próprio para rastrear sites públicos. Modos mais agressivos foram desenvolvidos para testes de invasão.

A maioria dos plugins do WhatWeb são minuciosos e reconhecem características mais óbvias e ocultas como por exemplo: a maioria dos sites que usam WordPress podem ser identificadas pela tag meta. O plugin do WordPress possui mais de 15 testes que incluem: verificar o favicon; arquivos de instalação padrão; páginas de login e outros.

Algumas características:
  1. Mais de 900 plugins
  2. Plugins incluem exemplos de URLs
  3. Ajuste de desempenho
  4. Diversos formatos de log
  5. Web Crawler recursivo
  6. Cabeçalhos HTTP personalizados
  7. Autenticação HTTP básica
  8. Resultados obtidos por combinações de lógicas difusas
  9. Plugins personalizados por linha de comando
  10. Controle sobre redirecionamento de páginas

Informações sobre como instalar e uso em :

(source): http://www.morningstarsecurity.com/research/whatweb

repo github: https://github.com/urbanadventurer/WhatWeb

domingo, 31 de julho de 2011

Using Microsoft XBOX 360 controller for Windows with XBMC

  1. Check which controller string (related to USB_VENDOR) is logged in xbmc.log file (in windows this file is located in %APPDATA%\XBMC\ folder check http://wiki.xbmc.org/index.php?title=Log_File for more info about the log file)
  2. Checking log file I could see my controller name: "Enabled Joystick: XBOX 360 For Windows (Controller)'
  3. The folder %ProgramFiles(x86)%\XBMC\system\keymaps contains a lot of keymaps for other controllers. So if you couldnt use your game controller. You should follow these steps, otherwise ignore this.
  4. Create a new keymap at %APPDATA%\XBMC\userdata\keymaps based on joystick.Microsoft.Xbox.Controller.S.xml file (you can even use the same keys set that are configured on this file)
  5. Change the following tag to your controller's name:
  6. Profit!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Testing destroy methods with capybara

To test destroy controller methods with Capybara
you should load the current session driver the following 2 lines solve the confirmation and data-method="delete":


code:

rack_test_session_wrapper = Capybara.current_session.driver
rack_test_session_wrapper.process :delete, my_controller_path(@item)
#your destroy method path



source:http://blog.ardes.com/2010/4/28/capybara-and-rack-test-sessions-and-http-methods

quarta-feira, 30 de março de 2011

Editando o tema monokai para o Gedit

Gosto muito do tema Monokai, talvez seja o meu favorito. Há algum tempo postei uma versão alterada para o NetBeans. Agora estou usando mais o gedit e nele tinha um probleminha para mim:

As cores da linha atual do cursor e do texto selecionado eram muito próximas, eu quase não distinguia uma da outra precisei fazer a seguinte mudanca:


gedit /usr/share/gtksourceview-2.0/styles/Monokai.xml

 <!--style name="current-line"  background="#3e3d32"/-->
<style name="current-line" background="#46614c">


e a linha:

 <!--style name="selection" foreground="#f8f8f2" background="#49483e"/-->
<style name="selection" foreground="#f8f8f2" background="#0b93dd"/>

quarta-feira, 16 de março de 2011

Displaying pidgin received messages in Asus G50VT

I'm using a ASUS G50VT-X5 with Ubuntu 10.10,
recently I reinstalled the last version of "asusg50oled" as seen on
http://asusg50oled.sourceforge.net/

It installed perfectly fine, no errors, just followed the "Quick system preparation guide" and worked like a charm!

In my last installation I hacked the preferences file and thought about receiving chat messages through the oled display. I take a look at Telepathy Library because the default chat program in Ubuntu 10.10 is Empathy and it's based on Telepathy... Well my first thought is that using DBus with Pidgin was easier, although Telepathy may use DBus I didn't even make a deeper look in it because I think Pidgin had more examples of "How to write a plugin".
My preferred programming language is Ruby and I use 1.9.2-head and ruby-dbus gem to make this work.

links:
http://technomancy.us/83 (gsub to take out formatting tags)
https://lists.luon.net/pipermail/ruby-dbus-devel/2007-May/000015.html (DBus pidgin example)

doc:
http://developer.pidgin.im/wiki/DbusHowto
http://rubygems.org/gems/ruby-dbus

screenshot:
img

code:

require 'dbus'

bus = DBus::SessionBus.instance
@service = bus.service("im.pidgin.purple.PurpleService")
@purple = @service.object("/im/pidgin/purple/PurpleObject")

@purple.introspect
@purple.default_iface ="im.pidgin.purple.PurpleInterface"
@purple.on_signal("ReceivedImMsg") do |account, old, new|
new.gsub!(/\<[^\>]*\>/, '') # jabber messages have unnecessary XML
system("/opt/asusg50oled/utils/notify.sh","#{Pidgin:} #{old} #{new}")
#p [old, new]
end

m = DBus::Main.new
m << bus
m.run




Next thing to do is create a Pidgin plugin out of this... I think that'll be the hardest, and I need to know if you can write those in Ruby.

cya!